RendaLab

Resumo do Mês: Março 2017

Esse é o primeiro post da série Resumo do mês e a ideia é compartilhar com os leitores do RendaLab tudo o que aconteceu durante cada mês, incluindo as estatísticas do site, o que deu certo, o que não deu, quais os planos pro próximo mês e até os gastos e receitas que eu tive através do RendaLab.

A vontade de compartilhar tudo isso veio porque eu tive que enfrentar muitos bloqueios e medos quando coloquei o RendaLab em prática. E parte desses medos veio por que o caminho era desconhecido.

E eu acredito que, ao compartilhar essas experiências aqui, eu posso dar uma ideia, para aqueles que estão mais inseguros, do que esperar dessa jornada.

É claro que o caminho de cada um é diferente, e o seu pode ser mais lento ou mais rápido. Mas esse tipo de informação pode te dar uma ideia do que esperar.

Chega de promessas vazias: um retrato transparente do que é ter um negócio online

Eu não sei você, mas eu já estou cansado de ver pessoas dizendo que fizeram 10, 15, 20 mil reais em poucas semanas com seus negócios online. Eu acredito que a maioria dessas pessoas não está dizendo a verdade, ou então está omitindo fatos importante (já tinham outros negócios online, muita experiência e conhecimento, etc…)

Com esses relatórios mensais você vai acompanhar, com transparência, cada evolução que o RendaLab passa. É claro que pra cada pessoa é diferente, e com você certamente também será. Mas acho que esse conteúdo pode ajudar muita gente a manter a persistência.

Quando estamos começando, é importante ter uma noção de quais os desafios enfrentamos, e quanto tempo leva para começarmos a ter resultado. A chave para o sucesso online é a persistência e a disciplina. Com sorte, quero deixar um registro de qual foi o caminho do RendaLab desde os seus primeiros dias. Assim, daqui alguns anos, as pessoas vão poder voltar no histórico e ver cada etapa pela qual o site passou.

Chega de explicações, e vamos para os detalhes de como foi o primeiro mês de vida do RendaLab!

Lançamento do Site

Eu comecei a trabalhar no RendaLab no meio de Dezembro de 2016. Na época eu ainda não estava certo sobre  o foco do projeto, então fui trabalhando em algumas definições, que depois viraram posts e dicas aqui e aqui e aqui, até que eu chegasse no site que você está acessando hoje.

Comecei escrevendo os 10 primeiros posts pois assim eu já teria conteúdo suficiente pra algumas semanas. Eu sabia que isso seria importante porque no começo eu teria que dar atenção pra muitas coisas relacionadas ao funcionamento do site, e talvez não teria tempo de escrever mais textos (o que consome um bom tempo).

Com os 10 posts escritos, eu comecei a pensar na parte gráfica do site. Fiz o mesmo processo que eu compartilhei neste post para tornar mais clara a ideia de como eu queria que fosse o logo do site. Nesta mesma época eu conheci o André Furtado, designer brasileiro aqui em Toronto,  que se colocou a disposição para ajudar com a criação do logo.

Depois de me enviar algumas proposta, eu juntei com ideias que eu tinha (e alguns conhecimentos básicos de Illustrator), e desenvolvi a primeira versão do logo do RendaLab.

Sim, eu sei que está bem simples, mas foi o máximo que minhas habilidades limitadas de designer permitiram. No entanto, devo confessar que eu já criei um carinho pelo logo, e hoje gosto bastante 🙂

Feito o logo, comecei a procurar por um tema de WordPress. Pesquisei muitos no site Theme Forest (afiliado), e acabei fechando com o GridLove. Eu recomendo muito que você comece seu site com um tema, pois eles são muito bem elaborados e facilitam muito o começo do seu site. Com o tempo, você pode investir em um layout feito pra você, mas pro começo não acho que seja uma boa forma de investir o seu dinheiro.

Comprei minha hospedagem, instalei o WordPress e comecei a customizar o tema de acordo com o que eu queria. A grande maioria das alterações foram feitas no próprio painel do WordPress, o que facilitou bastante. Algumas poucas eu tive que mexer no código do tema, mas sinceramente, elas não foram essenciais para o resultado final. Sem mexer em código algum já seria possível ter um site muito bom e atrativo.

Dia do Lançamento

Pra ser sincero, eu não planejei um lançamento para o RendaLab. Assim que terminei de preparar o tema e programar os primeiros posts, eu já liberaria o site e contaria para os conhecidos.

No entanto, resolvi fazer um post especial na minha timeline do facebook, e tive a sorte de alguns amigos mais próximos compartilharem em suas timelines também.

Pra minha surpresa o alcance foi bem legal, e muitas pessoas se manifestaram de forma muito positiva.

Apesar de não ter pensado em um super lançamento, fiquei muito contente com o alcance inicial que o RendaLab teve. E sou muito grato a todos aqueles que compartilharam esse projeto!

Divulgação

Nesse primeiro mês, a única divulgação que o RendaLab teve foi nas redes sociais. Comecei usando o Facebook e o Twitter, postando nas contas do RendaLab e compartilhando com minhas contas pessoais.

No Facebook, eu entrei em diversos grupos onde meu público alvo está, ou seja, grupos de empreendedorismo, negócios digitais e blogueiros, e compartilhei com eles cada novo texto no site. Também criei alguns “cartões” com frases para refletir e compartilhei nas sextas-feiras do mês (as pessoas são mais receptivas na sexta-feira).

No final do mês, resolvi testar os resultados no Instagram e, pra minha supresa, eles foram muito melhores que no Twitter e no Facebook juntos!

Os posts no Instagram tiveram muitas curtidas e várias pessoas me adicionaram. Ainda não sei se isso vai trazer um retorno para o site, ou se são apenas pessoas me adicionando para que eu adicione de volta, mas de qualquer forma, o RendaLab está sendo divulgado e apresentado para várias pessoas.

Problemas

O principal problema enfrentado até agora é relacionado à hospedagem. Por algum motivo obscuro (!), o site está caindo umas 5 vezes por hora. Cada vez que ele cai, leva cerca de 10 segundos para voltar a funcionar. Infelizmente isso fez com que pessoas achassem que o site não funcionava, o que é bem ruim.

Eu não tenho como medir, mas acho que isso pode ter afetado também o ranqueamento do RendaLab no Google, uma vez que um dos fatores de avaliação do buscador é a disponibilidade do seu site.

Estou investigando o problema e entrando em contato com o provedor de hospedagem. Assim que tiver novidades, compartilho com vocês.

O RendaLab possui diversos outros pequenos pontos para serem ajustados. Não diria que são problemas, mas sim pontos que podem ser melhorados. No entanto, ter lançado o site mesmo com esses pontos foi a melhor decisão que eu tomei! Mais detalhes a seguir…

Aprendizado

Lançar o RendaLab, mesmo com pontos a serem melhorados, foi a melhor decisão que eu tomei. E digo isso pois tem coisas que só aprendemos ou descobrimos quando colocamos a mão na massa. E com o RendaLab não foi diferente.

Depois de lançar o site, comecei a entender melhor como usar as keywords a meu favor, o que funcionava melhor quando o assunto é divulgação, quais plugins para WordPress eram bons e quais não eram, como o tráfego do site reagia com cada ação que eu tomava para divulgá-lo.

E o mais importante, quando eu coloquei o site no ar, eu comecei a ter o feedback das pessoas. E isso fez toda a diferença! 

As pessoas começaram a comentar o que gostaram, dar ideias do que poderia ser melhorado, e o mais legal, começaram a me mandar mensagens contando sobre os seus projetos pessoais, e sobre como o lançamento do RendaLab havia trazido motivação para que elas colocassem em prática os seus projetos e ideias.

Isso não é demais?

Foi a prova real de que o RendaLab pode sim ajudar pessoas a conquistarem seus sonhos. Hoje o alcance ainda é pequeno, mas o importante é continuar com persistência e disciplina, pois o resultado um dia vem!

Estatísticas

Como esse foi o primeiro mês do RendaLab, ainda não tenho dados para comparar as estatísticas a seguir. A partir do mês que vem, vai ser possível ver o crescimento (ou não) do site.

Newsletter

A construção da Newsletter deve ser feita desde o primeiro dia, e eu me certifiquei de que o cadastro no MailChimp estava funcionando corretamente no dia do lançamento do site. Eu tenho uma série de melhorias para aumentar o número da minha Newsletter, mas de qualquer forma, já estou recebendo alguns inscritos. Importante dizer que a maioria deles vieram dos primeiros dias de vida do site, o que reforça ainda mais a importância de ter uma Newsletter desde o começo!

Número de inscritos: 33

Facebook

Eu criei uma página para o RendaLab, e compartilhei todos os novos posts do site, assim como os cartões de sexta-feira:

Número de curtidas: 116

Twitter

Eu comecei usando o Twitter do RendaLab, mas rapidamente mudei de ideia e resolvi usar o meu Twitter pessoal para divulgar as novidades do RendaLab. Decidi fazer isso pois acredito que, se eu criar um vínculo pessoal com os leitores do RendaLab, posso criar também uma experiência única para o site.

Os resultados no Twitter por enquanto não foram tão bons, mas vou continuar investindo na plataforma pois 1 mês é pouco tempo para avaliar o resultado.

Número de seguidores: 20e

Instagram

Assim como no Twitter, resolvi que vou usar minha conta pessoal do Instagram para criar um vínculo mais forte com os leitores do RendaLab. A primeira experiência com os posts do Instagram foram muito boas. Muitas pessoas curtiram os posts, e várias delas acabaram me adicionando e possivelmente continuarão recebendo o que eu compartilho por lá. Ainda não sei se isso trará resultados para o blog, mas continuarei analisando.

Número de seguidores: 103

Acessos site

Fiquei muito surpreso com os acessos nos primeiros dias do RendaLab. Superaram e muito minha expectativa, o que me deixou bem feliz. Depois do pico do lançamento as coisas acalmaram, como era de se esperar. Eu acho que os acessos ainda estão baixos, e estou pensando em estratégias para aumentar esses números em breve. No entanto, é muito importante ter em mente que o começo de um site é o período mais difícil e com menos retorno. Então, essa fase é completamente normal!

Número de visualizações: 1.854
Número de usuários: 426

Está gostando deste texto? Cadastre-se na lista VIP do RendaLab pra receber muito mais:

Sem spams, só coisa boa!

Finanças

Gastos

Aqui estão os gastos iniciais que tive com o site. Alguns deles eu terei novamente daqui um ano, como domínios e hospedagem. O tema já está pago e não precisei gastar mais com isso (a não ser quando eu quiser mudar o layout do site).

Gasto comValor
TotalR$615,00
TemaR$230,00
Hospedagem (3 anos)R$310,00
Domínios .com e .com.br (1 ano)R$75,00

Receitas

Aqui vem a triste realidade, meus caros leitores. O blog não gerou nem um centavo sequer durante o seu primeiro mês de vida. No entanto, isso não é novidade. Eu escolhi por não colocar anúncios no site, e não estou vendendo nenhum produto. A única possibilidade de ter alguma receita é através dos links afiliados das ferramentas que eu uso e recomendo (como eu detalho na página de ferramentas). No entanto, eu já sabia que seria muito difícil ter algum resultado com afiliados no primeiro mês. Portanto, nada fora do esperado.

Próximo mês

Acho que o RendaLab está em um caminho muito bom. Estou feliz com o resultado, com a resposta das pessoas, e com o que está por vir.

No mês de Abril vou diminuir o número de posts. Em Março eu postei 2 textos por semana. Em Abril vou postar 1 texto apenas por semana. No entanto, os posts serão mais aprofundados e com mais conteúdo. Estou ansioso para ver os resultados dessa mudança 🙂

Por fim, tenho duas metas para realizar nesse próximo mês:

  • Resolver o problema de hospedagem que tem feito o site cair com frequência;
  • Escrever um texto convidado em algum outro site para promover o RendaLab (aceito sugestões!);

Ufa! Quanta coisa em um só mês!

O resultado de colocar um projeto em prática é incrível. Se você tem uma ideia ou um projeto pessoal, eu te convido a dar vida a esse projeto. Mesmo que ele não esteja perfeito, ou que você tenha várias dúvidas se deveria ou não fazer.

Você vai se espantar com o tanto que vai aprender com essa jornada 🙂

Se você leu até aqui, eu deixo o meu muito obrigado pela sua atenção, e te convido a deixar um simples “Valeu!” nos comentários abaixo. É muito importante ter você a bordo, e espero que o RendaLab possa te ajudar a conquistar os seus objetivos. Fique a vontade para comentar ou me mandar um email me contando mais sobre você.

Um forte abraço!

Bruno Beraldo

  • Rodrigo Pancine

    Brunão me inspirou Tb!! Parabenzaço!

    • Obrigado Rodrigão!
      Sempre bom ter a sua participação por aqui!
      Grande abraço!

  • Camila Beraldo

    Oii Bru! Parabéns pelo site! Tenho tanto orgulho de vc…
    Continue assim, com esse coração gigante, pensando sempre em ajudar ao próximo com suas experiências! Te desejo todo sucesso do mundo! 🙂

    • Cá!!! Muito obrigado!!
      Espero que o site possa te ajudar também e que você tenha muito sucesso em qualquer coisa que fizer!
      Bjos!!

  • Ricardo Bortolotti

    Parabéns Bruno!!
    É muito legal compartilhar como foi seu inicio, pois ele é obscuro para a maioria. Outro ponto bacana é você abrir o jogo em questão a ferramentas, temas, formas de trabalhar, sem esconder o ouro, pelo contrário, incentivando quem tem uma ideia a dar vida a ela.
    Independente do retorno financeiro, sabia que seu projeto leva conteúdo de qualidade as pessoas, e isso deve ser retribuído na forma pessoal. Lembre-se que conhecimento e reconhecimento são coisas que ninguém pode tirar de você 🙂
    Ah, já ia me esquecendo: “Valeu!” hahahaha
    Abraços

    • Muito obrigado Ricardo!
      A ideia do projeto é realmente isso mesmo que você apontou: ajudar as pessoas trazendo informação e diminuindo a insegurança por conta desse lado obscuro de começar uma ideia.
      Grande abraço e muito sucesso!