RendaLab

Dicas pra você criar logo perfeito para o seu site

Você sabe a importância que criar logo ideal tem para o sucesso do seu negócio?

Você já entrou um um site e, em questão de segundos, decidiu que aquele site não valia a pena ser navegado?

Não é só você que faz esse pré julgamento sobre a qualidade de um site ou produto. Todos nós fazemos, e as pessoas que acessarem o seu conteúdo também farão a mesma coisa.

Existe um conjunto de detalhes que fazem com que, em poucos segundos, a gente avalie a qualidade de um site que acabamos de acessar.

Um desses detalhes é o Logo.

O logo não só identifica um site ou produto de forma única, mas ele também nos dá uma série de “dicas” sobre o que esperar deste site ou produto.

Um logo bem feito deve dar indícios de quem é o público alvo, qual a proposta e até mesmo quais os valores daquela marca.

Por isso é muito importante que você invista um tempo em lapidar bem o que você quer na hora de criar o logo para sua marca.

O que você vai encontrar neste texto para te ajudar a criar logo para o seu negócio

Criar logo da sua marca começa com achar alguém competente
Como especificar o logo ideal para sua marca
A importância de definir onde se quer chegar
E como avaliar o resultado final?
É hora de decidir

Criar logo da sua marca começa com achar alguém competente

O ideal é que você contrate um profissional para criar o logo da sua marca. Evite recorrer ao famoso “sobrinho que mexe no computador”, ou algo do tipo (a menos que o seu sobrinho seja um designer e tenha estudado sobre criação de logos, é claro).

Contratar uma agência, ou um designer para desenvolver o seu logo é a saída ideal. No entanto, essa alternativa pode custar muito pra um projeto que ainda está engatinhando.

A salvação para esses casos são os sites de crowdsource, como o WeDoLogos aqui no Brasil, ou 99designs no exterior.

Através destes sites você coloca uma explicação do logo que você precisa, e diversos designers competem para criar o melhor logo para você. No final, você decide qual gostou mais. Se não ficou satisfeito com o resultado, você pode receber o seu dinheiro de volta (importante entender as políticas de devolução específicas de cada site).

É claro que contratar uma agência provavelmente resultará em um logo com mais qualidade, mas a chave aqui é começar pequeno, e melhorar gradualmente.

Para ter um bom resultado em sites de crowdsource, é preciso especificar muito bem o que você quer, e ser bastante rigoroso com a forma com que você avalia os resultados.

Como especificar o logo ideal para sua marca

Para caprichar na especificação (briefing) do seu logo, você deve descrever todos os valores que você quer que o seu logo transmita. Se você não caprichar nessa hora, não adianta esperar um bom resultado.

Pode parecer uma tarefa difícil, mas não é. Aqui vai uma proposta de como especificar o logo ideal para a sua marca:

Comece descrevendo a sua marca

Quanto mais detalhes melhor. É um site? É um blog? Um produto? Do que se trata? Quais são os seus diferenciais? Existe alguma história relevante por trás dessa marca?

Logos que você gosta

Envie pelo menos 3 logos que você goste. Assim o designer tem uma ideia de qual o seu gosto visual, e do que você está esperando desse projeto.

Certifique-se que os logos que você está enviando são semelhante ao que você gostaria de ter como resultado.

Você pode enviar também exemplos de logos que você não gosta. Assim ele já sabe o que não deve lhe apresentar.

Se estiver com dificuldades para encontrar logos, além de pesquisas no google, tente usar ferramentas como o Pinterest e Dribbble.

Suas ideias

Se você tiver alguma sugestão de como poderia ser o logo (algum conceito, ou elementos que você gostaria de ver em seu logo), essa é a hora.

Tudo bem se você não fizer ideia nenhuma. Neste caso, dê asas à criatividade do designer.

Valores a serem transmitidos

Um logo transmite uma série de valores. Podemos dizer se a marca é mais descolada, ou mais tradicional, por exemplo, só ao analisar o seu logo.

Tente descrever ao designer quais os valores ou emoções você quer transmitir através do seu logo.

O que você quer que os outros pensem quando vêem a sua marca? Confiança? Qualidade? Tradição? Inovação? Um logo é capaz de transmitir essas emoções.

Se você definiu os valores do seu negócio, aqui é um bom momento para resgatará-los.

Cores e fontes

Cores são de extrema importância para a construção de uma marca forte.

Existem diversos estudos dos efeitos e emoções que as cores despertam nas pessoas. O site Viver de Blog fez um artigo excelente que descreve a psicologia por trás das cores e como isso reflete nos valores transmitidos pela sua marca. Clique aqui para conferir.

Se você descreveu os valores que quer transmitir no passo anterior, agora você pode pensar qual a cor mais adequada para a sua marca.

Além das cores, a fonte usada também tem o poder de transmitir uma gama de sensações. Se tiver alguma preferência, deixe o seu designer saber.

Onde o seu logo será usado?

É importante que o designer saiba onde o logo será usado, pois isso pode afetar algumas decisões na hora da criação. Possíveis respostas a esse item são:

  • Internet
  • Celular e Tablet
  • Materiais impressos, como bloco de notas, etiquetas, cartas, etc…
  • Itens promocionais, como canetas, chaveiros, etc…

Quem é o seu público alvo?

Sua marca vai focar alguma faixa etária? Homens ou mulheres? Onde eles moram? Como entrarão em contato com a sua marca?

Quanto mais definido for o seu público, mais assertivo será o resultado.

No artigo “Como entender seu público” eu falei um pouco sobre isso.

A importância de definir onde se quer chegar

Você deve estar pensando: “Mais um pouco e eu mesmo vou fazer esse logo!”. Eu concordo que tem bastante informação aí em cima, mas lembre-se que o designer não tem o mesmo conhecimento que você tem sobre o seu negócio.

Existe uma famosa citação do livro “Alíce no país das maravilhas” que diz o seguinte: “Pra quem sabe não onde quer chegar, qualquer caminho serve”.

Eu resolvi criar a minha versão dessa citação, que é assim: “Pra quem não sabe onde quer chegar, nenhum caminho serve”.

Se você não deixar muito claro qual é o resultado final que você espera, as chances são de que ele não seja do seu agrado.

Está gostando deste texto? Cadastre-se na lista VIP do RendaLab pra receber muito mais:

Sem spams, só coisa boa!

E como avaliar o resultado final?

Você passou por toda a etapa de especificação do logo, encontrou um designer (ou contratou uma agência), e recebeu as primeiras propostas. Como saber se elas são adequadas?

Primeiramente, é importante deixar claro que é comum a apresentação de mais de uma proposta durante o processo de criação de um logo.

E mesmo que você goste de uma proposta logo de cara, provavelmente alguns ajustes serão necessários para garantir que o resultado final seja ainda melhor.

Aqui vão algumas ideias pra te ajudar a avaliar a proposta que está à sua frente:

Sua reação

A primeira análise é também a mais subjetiva: é um design bem feito? A sua reação inicial já pode dizer muito sobre isso.

O logo está atraente? Você compraria ou confiaria em uma marca com esse logo?

Geralmente sabemos logo de cara quando um logo, ou design, é mal feito. Você teve essa primeira impressão?

Alinhamento com os valores da sua marca

A imagem transmite aqueles valores definidos na especificação do logo? O que você sente quando olha para esse design?

Compreensão

É fácil compreender o logo? É muito comum vermos logos nos quais não conseguimos sequer entender com clareza o que eles significam. Ou então fontes confusas, que não nos permitem ler qual é o nome da empresa.

Preste atenção para que esse não seja o seu caso.

Evite a moda

As vezes tentamos usar algo que está na moda, com o intuito de “emprestar” aquele conceito que já está na cabeça das pessoas.

Isso é válido para alguns casos, mas não para o seu logo. Sabe por que?

Por que a moda passa rápido, e um logo não pode ficar ultrapassado com facilidade. Ele deve se manter atual por muitos anos. Se você usa algo referente a uma moda passageira, em pouco tempo seu logo ficará ultrapassado também.

Versatilidade

Um logo precisa ser versátil. O que isso significa? Significa que o logo da sua marca deve funcionar e continuar legível nas mais diversas situações.

Você não terá controle de onde o seu logo será usado. Ele pode ser impresso em preto e branco, ou fazer parte de um ícone em um site, ou quem sabe num lugar com espaço reduzido.

Peça algumas versões do seu logo, pra você avaliar se ele ainda é legível e apresenta sua marca com clareza. Por examplo:

  • Versão preto e branco;
  • Aumentada;
  • Diminuída;
  • Distribuído na horizontal (se possível);
  • Distribuído na vertical (se possível);

Quanto mais opções você tiver, mais versátil será o seu logo.

É hora de decidir

A decisão final sobre o logo da sua marca é sua. Só você pode dizer quando o logo está bom o suficiente para representar a sua marca. Mas seguindo esses tópicos, você diminuirá bastante as chances de se arrepender futuramente.

O que você acha? Tem alguma sugestão para acrescentar?

Um forte abraço!

Bruno Beraldo

  • André

    Muito legal toda empresa começa pelo Business Plan e o Logo são várias discussões até chegar no resultado final, eu fico feliz de já ter feito logotipos de empresas que foram para todos os cantos do país com a arte que criei e também sei o quanto as pessoas precisam disso!

    • Com certeza André! O Logo é geralmente o primeiro contato visual que as pessoas tem com nossa marca, e é importante caprichar nesse contato. Obrigado pela mensagem e grande abraço!